18 de fevereiro de 2012

Missão Catequética: viver e aprender a evangelizar


Olhar no olho de uma criança e observar a alegria deles em vir à catequese é o objetivo de todo catequista. Um sorriso de uma criança no final do encontro é motivo de toda a igreja bater palmas, pois temos uma catequese evangelizadora.O ideal desse trabalho evangelizador é gratificante a medida que nos mesmos percebemos que não estamos fazendo nada obrigado e muito menos por compaixão, mais sim por que amamos a Cristo e sua proposta evangelizadora. Ser Catequista é amar, amar e amar de novo. É algo muito prazeroso. Evangelizar não é apenas passar os evangelhos. Evangelizar é sentir o outro, ou ainda melhor, é ver a alegria do outro e de nós mesmos no encontro com Deus. É o mesmo que mergulhar num oceano imenso, onde apenas podemos afogar do amor divino. Mergulhar em Deus é assim, afogamos de amor, de tranqüilidade, de paz e a conseqüência de tudo isso é que não conseguimos deixar de dar um empurrãozinho para que também o outro mergulhe nesse oceano imenso de tranqüilidade. Portanto, quando na caminhada evangelizadora o medo predomina, tem sempre uma mão que nos levanta e nos ajuda. Pedro, quando Jesus está caminhando sobre as águas no evangelho de São Mateus também teve medo. Vejamos; “ como o vento estava muito forte, teve medo e começou afundar e gritou: senhor, salva-me, e no mesmo instante Jesus estendeu-lhe as mãos” (Mt14,30 31).Essa mesma mão que levantou Pedro das águas, também nos levanta e nos salva de todo desânimo.“ide e evangelize a toda criatura”( Mt28,19)

Samuel Garcia de Morais
Catequista – Diocese de Caratinga

4 comentários:

Enigmático Byjotan disse...

Quem é criado e educado nas coisas do amor de Deus, nunca se perderá no caminho.Abraço carinhoso de leitor.:-BYJOTAN.

Edite disse...

Esta passagem bíblica sempre me emociona. Abraços

Evanir disse...

Que Deus abençoe sua semana
muitas alegrias para você.
Que Deus guie seu caminho hoje e sempre.
Não se esqueça que ,
Estou seguindo -te e te amando.
Beijos no coração.
Evanir...

Mensagens Abençoadoras disse...

Sim, levar a palavra de Deus para aqueles que estão sedentos é de fato um previlégio que Deus nos dá! Sou discipuladora e professora em minha igreja, e embora não esteja atuando agora porque Deus me deu o ministério de cuidar de mamãe neste momento de minha vida, sempre amei e ainda amo falar de Jesus!
Com carinho
Marly