11 de novembro de 2011

Despertando para a realidade


Missa de um  domingo comum na Matriz de Santo Antônio


Já imaginou convidar alguém para ir na sua casa e não ter lugar para ela se sentar. você se sentiria bem?

Um casal quando se casa, e mora em uma casa pequena vive tranquilo. Com o passar do tempo, mesmo que esse casal não tenha filhos, o acúmulo de coisas que vão adquirindo exige um espaço maior. E se tem filhos então; talvez seja necessário construir uma nova casa, pois aquela não tem jeito de aumentar, não é mesmo?

E o que é a igreja, o templo onde todos se reúnem para celebrar, não é semelhante à nossa casa?
Se tem festa na nossa igreja, como por exemplo, do padroeiro, onde muitas comunidades são convidadas, não seria uma falta de consideração deixá-los assistir missa de pé? Pois bem; na matriz de Santo Antônio em Igaratinga , infelizmente isso acontece. Sabe por quê? 
É a única igreja católica que tem na cidade. Foi construída a mais de 74 anos.

...D. Cabral, que naquela época era Arcebispo de Belo Horizonte, resolveu transformar a Capela filial de Igaratinga em Paróquia. E pelo Decreto 25 de 01.01.1936, foi criada a Paróquia de Santo Antônio da Pedra de Igaratinga. 

Faz muito tempo não é mesmo? A comunidade, que era chamada de arraial, nem precisava de uma igreja tão grande.
Mas o tempo passou... A cidade cresceu, a população vem aumentando a cada dia, pois somos da terra do tijolo. Graças a Deus, trabalho aqui é o que não falta. Milhares de pessoas, vindas de várias localidades de Minas e até mesmo de outros estados brasileiros migram para esta cidade, em busca de trabalho e melhores condições de vida para garantir o sustento de suas famílias. Isso é muito bom, dizem que somos acolhedores. Será que isso é verdade? De uma certa forma somos sim, materialmente falando, mas e o lado espiritual, será que é menos importante? Claro que não. Nós que somos cristãos católicos e conscientes de nossa missão precisamos agir, e construir uma igreja maior nesta comunidade.

Se alguém que não tem hábito de frequentar a igreja e vem pela primeira vez tendo que assistir missa de pé o tempo todo, será que ela se sente acolhida e deseja voltar? 

"Eu não aguento mais assistir missa de pé". Aí vocês podem questionar, por quê não vai mais cedo? Boa pergunta, mas tem resposta. Nossos pais nos educaram bem, ensinando que devemos dar lugar para os mais velhos se sentarem, incluindo mulheres grávidas, com criança no colo, pessoas doentes, etc. Neste caso, não adiantaria de nada eu ir mais cedo. Não vou assistir missa assentada em minha paróquia até que se construa uma igreja maior. Não sou mais jovem, já estou com quarenta e cinco anos, e às vezes confesso que fico morrendo de "inveja" de quem está assistindo missa confortavelmente.

(Ivani Alves)

5 comentários:

Anônimo disse...

Apoio seu incentivo em conscientizar a comunidade na necessidade de construir outra Igreja em Igaratinga. Sou filho da comunidade, sou seminarista e mora em Santos Dumont aqui cada bairro possui a sua capela, sem excesão, fiquei maravilhado e nossa terra que é a capital mineira do tijolo, possui quantas Igrejas se a cidade tem mais de que um bairro?"O queres que eu faça? Vá e reconstrói a minha Igreja!"( São Francisco)

Catequese/Igaratinga disse...

Quem será este anônimo? Abraços Fábio.

Catequese/Igaratinga disse...

Seria ótimo podermos construir outra igreja Fábio, quanto mais melhor. O problema é que não tem o terreno para a construção. Diante disso só resta a opção de derrubar e construir outra no mesmo local, porém bem mais espaçosa.

Jonathan Cruz disse...

Vim passar rapinho (devido o tempo curto) para avisar que o CD chegou, e que CD maravilhoso é esse? Que bençãos dos céus, que Jesus continue abençoando este trabalho, a voz, tuuudoooo.

Estou aqui transbordando alegria, levei para catequese, com o objetivo de acalmar minha turma, pois eles são muitos agitados, e não é que minha turma se acalmou e concentraram no encontro, parece que a música a fé tocou o coraçãozinho deles.

Que Deus te abençoe Ivani, que Deus te abençoe sempre, mil vezes sempre.

Muito obrigado de coração.

Jonathan Cruz disse...

Oi que bom receber seu comentário!!! Ivani Você disse que fica impressionada de ver tantas postagens boas em meu blog, confesso que tenho muito ainda que melhorar na qualidade de meu blog, quem sabe um dia consigo né? E foi bom saber que além de sermos catequistas, somos também colegas de profissão, somos pedagogos. É difícil alimentar um blog com boas postagens e postagens inéditas, ainda mais pelo nosso tempo que é curto não é mesmo? Durante a semana é tanta coisa, que se o nosso dia fosse 48 horas ainda seria pouco, estava até comentando isso com meu irmão hoje. Por isso que eu mantenho dois assuntos que eu domino em um blog só, já pensei em criar um para educação e outro só para catequese, mas pensei: O blog Jonathan Cruz, leva meu nome, e eu (Jonathan) domino esses dois assuntos, então vamos fazer uma misturada num caldeirão só e ver no que dá, e deu esse blog doidão hehehehe. Já fui muito criticado pelo meu blog ser digamos assim... "misturado", mas resolvi seguir a minha vontade, e todos são livres para acessar ou não acessar, néh? Estou tentando facilitar o acesso do meu público fazendo uma modificação dali outra daqui, mas nunca conseguimos agradar não é mesmo? Mas, desistir nunca.

Esta semana postarei a foto ok?
Abraço bem grande e ótima semana.